Em trabalhos acadêmicos, há elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Já falamos sobre os elementos pré-textuais aqui no blog. Também sabemos que os textuais incluem introdução, desenvolvimento e conclusão. Agora, resta saber: o correto é CONCLUSÃO ou CONSIDERAÇÕES FINAIS?

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) considera a “conclusão” parte do texto acadêmico. Porém, as considerações finais também são classificadas como conclusão. A diferença na nomenclatura, geralmente, tem relação com o estágio da pesquisa. Ou seja, se ainda está em desenvolvimento ou se já se encerrou.

No primeiro caso, por exemplo, temos a “conclusão” em um artigo científico ou relatório de qualificação. Por outro lado, pensamos em “considerações finais” quando não há mais o que se discutir sobre o assunto naquele trabalho. Porém, isso não significa que chegamos a uma conclusão definitiva.

Há autores que se sentem à vontade para acrescentar os termos “nunca” ou “quase”. Assim, criam as “considerações nunca finais” ou “considerações quase finais”. Isso faz sentido na pesquisa acadêmica, pois é difícil se chegar a um fim. Os dados de uma pesquisa podem servir de base para o desenvolvimento de outra.

Assim, sugerimos que você escolha o termo que julgar mais adequado. Trata-se de uma escolha semântica e não uma regra que deve ser seguida à risca.

QUEM ESCREVE?

Fernanda Massi fez Mestrado e Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa na UNESP/Araraquara. Assim que terminou o doutorado, foi professora na UNESP e na UFSCar.  Nesse período, deu aulas de Leitura e Produção de Textos e Metodologia do Texto Científico. Também orientou TCC e iniciação científica. Em seguida, fez Pós-doutorado em Linguística Aplicada pela UNICAMP. Atualmente, Fernanda é a responsável pela equipe de revisão da Letraria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quais são os elementos PÓS-TEXTUAIS?
ANEXOS ou APÊNDICES?