Como é corrigido o TEMA na redação do ENEM?

O Enem é o Exame Nacional do Ensino Médio e serve de porta de entrada para muitas universidades brasileiras. Dentro dele, a prova de redação tem um peso extremamente relevante, que pode definir a classificação do vestibulando. Mas, você sabe como é corrigido o TEMA na redação do ENEM?

Neste texto, vamos te explicar os critérios de correção da redação do Enem. Para isso, veremos cada uma das competências da Matriz de referência. São elas: 1) norma culta; 2) tipo textual e tema; 3) coerência textual; 4) coesão textual e 5) proposta de intervenção. Hoje, vamos nos aprofundar na competência 2, especificamente na abordagem do tema. Embora os dois critérios sejam avaliados juntos, falaremos sobre o tipo textual em outro texto.

Como é corrigida a redação do Enem?

A redação do Enem é corrigida por uma banca, composta por 3 a 5 avaliadores, que participam de um curso preparatório. Este curso é pautado em uma matriz de referência para a redação (disponível no edital) e em uma grade específica de correção dos textos.

Assim, todos os avaliadores utilizam os mesmos critérios para atribuir as notas em cada uma das competências. Essas notas vão de 0 a 200 pontos em cada competência, sendo 40 pontos por nível, e o texto pode chegar à tão esperada nota mil. A nota mil é muito rara, pois exige textos impecáveis. Dificilmente, você conseguirá escrever um texto impecável nesse contexto de produção, tão específico e tenso. Portanto, não se preocupe em atingir a nota máxima, mas sim em fazer um bom texto.

Como é corrigido o tema na redação do ENEM?

Antes de saber como é corrigido o tema na redação do Enem, você precisa saber que sua redação deve estar dentro do tema! Caso ela não esteja, seu texto será anulado por completo e sua nota na redaçaõ será zero. Ou seja, na matriz de referência para a redação, não existe o nível zero na competência II.

O tema na redação do Enem varia a cada ano, porém, a estrutura que forma esse tema é a mesma. Além disso, a prova de redação conta com textos de apoio que debatem o tema. Assim, você não precisa se preocupar em tentar adivinhar o tema nem levar uma redação pronta que sirva para qualquer tema. Até porque, se fizer isso, provavelmente sua nota será ruim.

Para entender o tema na redação do Enem, você precisa ler os textos de apoio, que mesclam conteúdo verbal e não verbal (tirinhas, charges, gráficos). Depois, você precisa se atentar à frase temática, que vem na parte inferior da folha de redação. É nela que você vai encontrar os elementos que precisam aparecer em seu texto. Ou seja, a frase temática delimita a abordagem do assunto (mais geral) e te dá um direcionamento.

Não pense que seu texto e sua opinião precisam agradar a banca de correção. Isso não existe! Como já explicamos, a correção é feita a partir de critérios objetivos e nenhum avaliador está preocupado em concordar ou não com você.

Como atingir a nota máxima na correção do tema?

Para atingir a nota máxima na correção do tema da redação, você precisa contemplar em seu texto todos os elementos da frase temática. Vejamos o tema de 2021 como exemplo: Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil. Nesse caso, temos três elementos que precisam ser contemplados: invisibilidade + registro civil + cidadania. Além de serem contemplados, eles precisam dialogar entre si. Ou seja, não adianta você falar sobre “invisibilidade de mulheres” sem atrelar o “registro civil” como causa para isso.

Vale entender também que “registro civil”, por exemplo, pode ser representado por “documento de identidade”, “registro geral (RG)” ou outra forma de indicar que você compreendeu o tema e sabe do que está falando.

Da mesma forma, a “invisibilidade” está relacionada ao anonimato, à falta de direitos civis e aos problemas decorrentes do não reconhecimento de uma pessoa como cidadão. Logo, nota-se que o elemento “cidadania” não pode se desconectar dos demais. Muitas vezes, você consegue contemplar todos os elementos da frase temática em uma única frase sua, como esta: “O registro civil é um documento que garante a visibilidade de um cidadão”. Mesmo que a “invisibilidade” apareça de modo contrário, é nítido que o autor da frase compreendeu a proposta de redação.

Para finalizar, há outro elemento presente na frase temática Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil, que é a referência ao Brasil. Nesse caso, a dinâmica da correção entende que a contextualização está pressuposta. Ou seja, se o participante não disser que está falando sobre a situação da Europa, por exemplo, pressupõe-se que ele está falando do Brasil.

QUEM ESCREVE?

Fernanda Massi é Mestra e Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp/Araraquara, onde foi professora substituta por dois anos. Trabalhou durante muitos anos com correção de vestibulares e do Enem, além de elaborar questões e temas de redação para diversas instituições. Fez pós-doutorado em Linguística Aplicada pela Unicamp, estudando a matriz de referência do Enem. A partir daí, ministrou várias edições do curso “A redação (além) do Enem” e publicou o livro de mesmo nome. 

1 Comentário. Deixe novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como é corrigida a redação do ENEM?
Como é corrigido o tipo textual no Enem?