As normas da ABNT são nosso guia na escrita de trabalhos acadêmicos, sejam eles resumos, projetos de pesquisa, tcc, artigo científico, tese…

Porém, muita gente se desespera quando não encontra o que precisa nas normas da ABNT. De fato, a ABNT não contempla todos os aspectos da escrita acadêmica. Por exemplo, a formatação dos textos vai depender de outros manuais. No caso de artigo científico, existem as “diretrizes para autores”. Para TCC, dissertação e tese, existem as normas da universidade. No caso de resumos, existem as normas do evento.

Além da formatação, existem algumas normas que a ABNT não detalha, mas é possível pressupor ou interpretar. É o caso dos nomes de autores nas referências: devem aparecer por extenso ou só as iniciais?

Embora a norma ABNT 6023/2018 não especifique qual formato é o “correto”, ela traz exemplos das duas opções. Nesse caso, temos que nos lembrar do objetivo principal dessas normas: a padronização. Assim, você pode optar por inserir somente as iniciais dos nomes dos autores ou o nome completo, mas é importante que esse padrão se repita em TODAS as referências.

Outro caso que gera dúvidas é sobre o título de obras: deve vir em negrito, itálico ou sublinhado?

Segundo a norma ABNT 6023/2018, “O recurso tipográfico (negrito, itálico ou sublinhado) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências”. Ou seja, você pode optar por um recurso, mas precisa usá-lo em TODAS as referências.

Por fim, outra dúvida bastante comum é sobre a quantidade de páginas de livros, teses, dissertações. Ela deve ou não ser indicada?

A quantidade de páginas não é mais um elemento essencial, mas sim um elemento complementar! Sendo assim, você pode ou não inserir essa informação, desde que mantenha o padrão em TODAS as referências.

QUEM ESCREVE?

Fernanda Massi é Mestra e Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara. Ela é também Pós-doutora em Linguística Aplicada pela UNICAMP. Foi professora de Leitura e Produção de Textos na UNESP/Araraquara e na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).  Nesse período, orientou trabalhos de conclusão de curso (TCC) e de iniciação científica. Fernanda trabalha com revisão de texto desde o início da sua graduação em Letras (2004) e é também a responsável pela equipe de revisão da Letraria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mês da autoria pantaneira
ESCRITA CIENTÍFICA: o que é? como fazer?