Uma das dúvidas mais recorrentes entre os falantes da língua portuguesa é o uso das palavras mais  e mas. Por conta disso, esse é um dos erros mais comuns que se vê na linguagem escrita do dia a dia, principalmente nas redes sociais.

A grande diferença entre essas duas palavras não se resume à presença ou ausência da letra “i”. Aliás, essa diferença é quase imperceptível na fala, pois costumamos pronunciar “mais” quando queremos dizer “mas”. E isso não é nenhum erro, pois a linguagem falada é mais livre, espontânea e se relaciona às nossas características pessoais: local onde moramos, lugares que frequentamos, formalidade da linguagem que usamos… enfim, há uma série de fatores que determinam o modo como as pessoas falam!

O importante é que na escrita a gente consiga diferenciar as palavras mais  e mas.

Mais  é um advérbio de intensidade que também indica quantidade e que se opõe a menos! Por exemplo:
Quanto mais eu estudo, menos dúvidas eu tenho!
Mas é uma conjunção que indica oposição e é sinônimo de porém. Por exemplo:
Eu estudo muito, mas não consigo entender.

Não é preciso decorar muitas regras gramaticais para fixar essa diferença. Na hora da dúvida, pense o seguinte: posso substituir a palavra por “menos” ou por “porém”? Se a resposta for “menos” (lembrando que o sentido será o oposto), use “mais”; se for “porém”, use “mas”.

Se ainda restar dúvidas, deixe aqui seu comentário! 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como escrever um TCC: guia prático
Falando português: um tiquinho de língua