O mestrado é a pós-graduação que oferece o título de mestre e tem como produto final a dissertação. Essa pós-graduação pode ser “acadêmica” ou “profissional” e o objetivo é seu crescimento profissional e intelectual.

Assim, se você tem vontade, mas não sabe como fazer mestrado, esse texto foi feito para você!

Em primeiro lugar, você precisa encontrar um orientador e um programa de pós-graduação. Depois, você precisa elaborar um projeto de pesquisa e prestar a prova.

COMO ENCONTRAR UM ORIENTADOR?

Para encontrar um orientador, você pode seguir dois caminhos. O primeiro deles é partir de um programa de pós-graduação. Acesse o site da instituição onde quer estudar e faça o seguinte:

  1. Encontre o programa de pós-graduação da sua área;
  2. Acesse as “linhas de pesquisa/projetos” e veja o nome dos docentes;
  3. Procure o currículo Lattes desses docentes e veja o que cada um pesquisa;
  4. Escolha um pesquisador que estude algo do seu interesse;

Agora, se você quiser partir de um assunto de pesquisa, faça o seguinte:

  1. Digite na plataforma Lattes as palavras-chave do assunto que te interessa;
  2. Procure artigos, teses ou dissertações sobre esse assunto;
  3. Leia alguma dessas publicações e confira se é esse o assunto que te agrada;
  4. Verifique em qual instituição o autor desses textos atua e se ele pode orientar alunos de mestrado.

Depois de encontrar um orientador, você deve enviar um e-mail para ele. Nesse e-mail, demonstre interesse em fazer mestrado e pergunte se ele tem disponibilidade para te orientar.

Nesse momento, não espere ajuda para escrever o projeto de pesquisa ou dicas para passar na prova. Lembre-se que você ainda não tem um orientador!
COMO ELABORAR O PROJETO DE PESQUISA?

Depois de definir o assunto do seu mestrado, de acordo com a pesquisa do seu possível orientador, é hora de escrever o projeto e prestar o processo seletivo. Para isso, leia o edital e as normas para padronização do projeto de pesquisa. Veja também um texto aqui no blog que fala mais sobre isso.

Geralmente, há uma prova de conhecimentos específicos, uma prova de proficiência em língua estrangeira e uma entrevista com análise do projeto de pesquisa.

SEJA AUTÔNOMO!

Para finalizar, lembre-se que todo esse processo visa o seu desenvolvimento pessoal. Sendo assim, não espere que alguém te leve pela mão. Tenha atitude, seja pró-ativo e siga seu caminho com autonomia. 😉

Fernanda Massi é Mestra e Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara. Ela é também Pós-doutora em Linguística Aplicada pela UNICAMP. Foi professora de Leitura e Produção de Textos na UNESP/Araraquara e na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).  Nesse período, orientou trabalhos de conclusão de curso e de iniciação científica. Fernanda trabalha com revisão de texto desde o início da sua graduação em Letras (2004) e é também a responsável pela equipe de revisão da Letraria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Como escolher uma REVISTA científica?
Mês da autoria pantaneira